Home Care
01/09/2020 | Bem-estar

Home Care: o que é, como funciona e benefícios!

O Home Care é um serviço que ganhou muito destaque nos últimos anos. Uma das consequências desse crescimento, foi justamente o aumento das opções disponíveis para quem quer investir em um cuidador para o seu ente querido. Então, se você está pensando em contratar um profissional da saúde para iniciar o trabalho de home care com um idoso ou enfermo, tenha certeza que essa escolha precisa ser feita com muito cuidado.

Além de conferir mais conforto para o idoso, o diferencial do home care é a atenção exclusiva para a pessoa. Dessa forma, o profissional contratado faz o possível para que o seu ente querido viva com qualidade de vida e segurança em casa.

Cuidadores profissionais, como enfermeiros, auxiliares e terapeutas, prestam cuidados de curto ou longo prazo em casa, dependendo das necessidades da pessoa.

O que a legislação diz sobre o Home Care?

Antes de falar propriamente sobre como funciona o home care, vamos entender melhor o que a legislação diz sobre?

A resolução nº 1.668/2003 do Conselho Federal de Medicina regulamenta o exercício do home care na área da saúde. Este documento reúne as normas técnicas necessárias à assistência domiciliar do paciente, além claro, de determinar as responsabilidades do médico, hospital e de empresas públicas ou privadas envolvidas no tratamento.

Para ler a norma na íntegra, acesse aqui. Abaixo, listamos as principais normas regulamentadoras para cuidadores:

  • As empresas, hospitalares ou não, responsáveis pela assistência a paciente internado em regime domiciliar devem ter hospital de retaguarda que garanta a reinternação nos casos de intercorrência de alguma condição que impeça a continuidade do tratamento domiciliar;
  • As empresas ou hospitais que prestam assistência em regime de internação domiciliar devem manter um médico de plantão nas 24 horas, para atendimento às eventuais intercorrências clínicas;
  • As equipes multidisciplinares de assistência a pacientes internados em regime domiciliar devem dispor, sob a forma de contrato ou de terceirização, de profissionais de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Serviço Social, Nutrição e Psicologia;
  • A assistência domiciliar somente será realizada após avaliação médica, registrada em prontuário específico.

Como funciona o serviço de cuidados com idosos

Mas afinal, como funciona o home care? Como vimos anteriormente, é um serviço que oferece cuidados hospitalares na casa do paciente – e pode ser dividido em duas classificações:

  • Cuidados ambulatoriais: o paciente recebe a visita de enfermeiros, médicos e terapeutas na mesma frequência que receberia em um hospital.
  • Internação domiciliar: nesse caso, é montada uma estrutura hospitalar personalizada, além de uma agenda de cuidados profissionais, como médicos, enfermeiros, terapeutas e nutricionistas.

Em ambos os casos, o paciente tem o suporte de saúde necessário para viver e se recuperar, mas sem cuidados mais específicos, como banho, alimentação e etc.

Benefícios do Home Care

Agora que explicamos melhor como funciona e o que a legislação diz sobre, o que você acha de conhecer os benefícios do home care?

Além do que destacamos acima (comodidade do paciente receber o tratamento em casa), há outras vantagens intrínsecas:

  • Garante mais conforto e humanização no cuidado do paciente;
  • Reduz custos assistenciais, no que diz respeito à utilização da infra-estrutura hospitalar;
  • A família pode ficar mais envolvida no tratamento, o que pode beneficiar para uma recuperação mais ágil;
  • Estreitamento da relação médico-paciente, assim como a dos profissionais envolvidos no tratamento com toda a família do paciente.

O que achou do nosso artigo sobre o home care? Se gostou do artigo, não deixe de acompanhar nosso blog. Somos um site especializado em casas de repouso, por isso, se procura uma opção para cuidar do seu querido parente, veja as opções disponíveis em nosso site.

Nos vemos no próximo artigo!